Eu te tenho a cada parte minha espalhado
a cada centímetro que olho, pixelizado
na palavra, na digital, no meu livro, no meu vídeo
envolvente, envolvida, desenvolta, desencantada

por mais que a irresistência me rodeie
e mesmo que meu eu escape
me fazendo lembrar-te como que forçada
eu te tenho a cada parte minha espalhado

se a mim não há fuga nem perdão
de nada me adiantam vestes de personagem
a mim só basta deixar marcas profundas
tu me tens a cada parte tua espalhada

tu me tens a cada parte tua espalhada
no beijo que te sela a boca
no abraço que te aquieta
no calor que nos abrasa acalentados

meu cheiro no teu travesseiro,
o meu cabelo que te envenena
o olhar que te amedronta
tu/eu me/te tens/tenho a cada parte tua/minha espalhada/espalhado

Anúncios