E os tempos de celebrar
pouco a pouco se acabaram
Os braços envoltos no ar
lentamente se separam
.
O que pensou-se ser eterno
em nada mais vale, sumiu
O que foi desejo incerto
nem mais desejo é, se extiguiu
 .
E a rebeldia que então nasce
nada diz, nada faz, não age
Nem mesmo o toque toleram
as mãos que agora se separam
Anúncios