“… mas agora é troppo tarde, tudo já passou e minha vida não passa de um ontem não resolvido, bom isso. E idiota. E inútil.” (Caio)

 

Domingo eu chorei de raiva
Segunda eu chorei
e terça também…
Sem razão aparente
e o choro termina
como termina um orgasmo
Mas o peso das lágrimas…
não há remédio que cure
as dores que foram transportadas
Penso que sou uma suicida
em potencial.
O mundo não é pra mim
menos ainda eu pra ele
mas eu me esforço
apesar de não ver retorno
estou cansada
do marasmo
a fuga é solução
pra tudo.

É vida demais pra mim
É insuportável.

Anúncios