cometendo todos os pecados que estão ao meu alcance
sufoco em leito que me desampara
sabendo que não há um braço fiel que me espere
eu sigo esta rota insana sem foco que o valha.

a paisagem é a mesma
e esta lepra antiga
tudo em forma circular
sem mais novas novidades

Anúncios